Buscar

Em Curitiba, Rafael Suzuki tem desafio triplo na reta final da Stock Car 2020


Reta final intensa


Falta pouco mais de um mês para o fim da Stock Car 2020. Nesse período, serão disputadas cinco etapas ao longo de três finais de semana, começando por Curitiba, entre os dias 06 e 08 de novembro.


No sábado, há uma classificação e uma corrida única, válida pela 8ª etapa. Já no domingo, os pilotos participam de mais uma sessão de definição do grid de largada, e duas corridas no formato de rodada dupla, pela 9ª etapa, havendo assim um total de 84 pontos em jogo na etapa (considerando a pontuação máxima das três vitórias).


Em Goiânia, daqui a 15 dias, o formato vai se repetir, e, por isso, os resultados são tão importantes na definição dos postulantes ao título, que será decidido em Interlagos, em um corrida única que vale 60 pontos.


Expectativas


Para Rafael Suzuki, que está no top-10 da classificação e na briga pelo campeonato, o objetivo é aproveitar o histórico positivo em Curitiba e somar o máximo de pontos possíveis para se manter entre os ponteiros.


Além disso, na segunda corrida de domingo, Suzuki irá atingir a marca de 140 corridas disputadas na Stock Car.


O Autódromo de Curitiba


Ausente no calendário desde o início de 2018, Curitiba é uma das mais tradicionais pistas que recebe a Stock Car. O traçado de 3.695 metros tem características bem diversas, sendo composto por uma grande reta, curvas de média velocidade, um trecho de alta e a veloz curva de acesso à reta dos boxes.


É também um circuito onde Suzuki tem bom retrospecto, e tem como melhores resultados em Curitiba dois Top-6 (2015 e 2018) e dois Top-10 (2014 e 2018).



Fala Suzuki: De volta à Curitiba, de olho nos pontos


Curitiba é uma pista que eu gosto bastante e que fez falta ao calendário no último ano. Como sempre andei bem no circuito, estou esperançoso e confiante de que teremos uma boa performance.


Chegamos em uma fase do campeonato, em que não podemos ter finais de semana médios, se quisermos chegar lá no fim com alguma chance. Vamos buscar o máximo de pontos possíveis para se manter numa briga por uma posição lá na frente no campeonato. Apesar de algumas equipes terem treinado em Curitiba no começo do ano, acredito que nossa equipe vai chegar bem preparada. Se conseguirmos 40 ou 50 pontos (dos 84 possíveis no final de semana), já será excelente.


Homenagens e alerta ao Novembro Azul


Nesta etapa, Rafael leva em seu carro uma homenagem especial a Amadeu Rodrigues, que faleceu no último sábado num acidente rodoviário. Ele era chefe da Hot Car Competições, equipe pela qual Suzuki correu em 2018 e 2019.


Além disso, junto da Copagaz, o piloto do carro #8 também leva uma mensagem de reforço à Campanha do Novembro Azul, de conscientização e prevenção sobre o câncer de próstata.



Programação e transmissões - Curitiba


Sábado, 07 de novembro

8h30 às 8h45: Treino extra

9h às 9h35: Classificação - 8ª etapa - Transmissão ao vivo pelo Sportv2

11h: Largada Corrida - 8ª etapa - Transmissão ao vivo pelo Sportv2


Domingo, 08 de novembro

8h30 às 8h45: Treino extra

9h às 9h35: Classificação - 9ª etapa - Transmissão ao vivo pelo Sportv2

11h: Largada Corrida 1 - 9ª etapa - Transmissão ao vivo pelo Sportv2

11h55: Largada Corrida 2 - 9ª etapa - Transmissão ao vivo pelo Sportv2


Classificação do campeonato após sete etapas:


Com 10 vencedores diferentes nas 11 corridas já realizadas esse ano, a Stock Car 2020 está extremamente acirrada.


Rafael Suzuki ocupa a 10ª posição e se mantém na briga pelo campeonato. Com mais 5 etapas a serem disputadas, ainda há um total de 228 pontos em jogo (considerando a pontuação máxima de todas as vitórias).


1º - Cesar Ramos - 172 pontos

2º - Ricardo Zonta - 158

3º - Ricardo Maurício - 154

4º - Rubens Barrichello - 149

5º - Thiago Camilo - 148

6º - Gabriel Casagrande - 133

7º - Daniel Serra - 131

8º - Allam Khodair - 131

9º - Átila Abreu - 128

10º - Rafael Suzuki - 119

11º - Nelsinho Piquet - 118

12º - Bruno Baptista - 106

13º - Diego Nunes - 102

14º - Julio Campos - 100

15º - Cacá Bueno - 82

16º - Guilherme Salas - 82

17º - Denis Navarro - 80

18º - Matías Rossi - 78

19º - Lucas Foresti - 68

20º - Galid Osman - 68

21º - Gaetano di Mauro - 52

22º - Marcos Gomes - 48

23º - Pedro Cardoso - 38

24º - Tuca Antoniazi - 27

25º - Vitor Genz - 11

26º - Vitor Baptista – 8

logo_rafaelsuzuki_v10.png
  • Instagram
  • Facebook
  • YouTUBE
  • Twitter

© 2019 Rafael Suzuki - Loja Rafael Suzuki - Eversports Assessoria Esportiva e Comercio LTDA - CNPJ 15.546.170/0001-43 - São Paulo - Brasil

logo_rafaelsuzuki_v5.png