top of page
Buscar

Rafael Suzuki conquista o 2º lugar em Goiânia e se aproxima da briga pela liderança da Stock Car

Goiânia recebeu a Stock Car para a 7ª etapa da temporada, marcando o início da segunda metade do campeonato, com duas provas muito disputadas neste domingo (27). Rafael Suzuki manteve a boa fase, e foi um dos protagonistas da rodada dupla, conquistando seu terceiro pódio do ano, com o 2º lugar na corrida 2, e entrou ainda mais forte na briga pelo título, diminuindo pela metade a diferença para o primeiro colocado.

O resultado foi construído de maneira crescente pela equipe, com forte performance desde os treinos na sexta-feira. Já no sábado (26), a equipe fez uma troca de motor em tempo recorde após o treino da manhã, para deixar tudo pronto para a sessão classificatória, que definiu a posição de largada para a corrida. Num formato diferente do habitual - por conta do traçado externo utilizado - Rafael Suzuki mostrou um desempenho positivo com o 9º melhor tempo entre os 31 pilotos.

No domingo, arquibancadas cheias para acompanhar as provas da etapa. O piloto da Pole Motorsport teve um ritmo intenso na primeira corrida, e numa manobra de ultrapassagem no início de prova com o acionamento do Fan Push, Suzuki ganhou cinco posições e assumiu a sexta colocação. O trabalho de pit-stop durante a parada obrigatória foi eficiente, trazendo a conquista de mais uma colocação na prova, finalizando em 5º.

Como regra do regulamento, invertem-se os dez primeiros colocados, sendo assim, para a segunda corrida, Rafael largou na sexta posição. A prova teve uma intervenção do Safety Car no início por conta de incidente. Na relargada, Suzuki apostou no ritmo forte e assumiu o top-3 de prova. Após as paradas obrigatórias, travou uma disputa com Rubens Barrichello nas voltas finais, mas Suzuki levou a melhor e garantiu a 2ª colocação, numa dobradinha da Pole Motorsport.

Com os 37 pontos somados, ele foi o maior pontuador da etapa - empatado com Cesar Ramos, vencedor da corrida 1 -, mantendo-se em 6º na classificação geral, entre os mais de 30 pilotos do grid, mas bem mais próximo do líder. A distância que era de 43 pontos antes da etapa, caiu para apenas 20 para o 1º lugar.

O próximo desafio de pilotos e equipes da Stock Car será entre os dias 15 e 17 de setembro, no Velopark, no RS.

Rafael Suzuki:

“Estou muito feliz com mais um pódio, a soma de um 5º na corrida 1 e 2º na corrida 2, empatados como maior pontuador da etapa, foi um objetivo cumprido. Devo muito à equipe, tivemos a dobradinha na segunda prova, uma estratégia perfeita, um carro super rápido. Agora estamos subindo na tabela, encostando no líder. Estou muito grato de estar brigando pelas primeiras posições do campeonato neste ano, e já estamos com foco total na próxima etapa no Velopark”.

Classificação após sete de um total de 12 etapas:

1º - Daniel Serra, 179 pontos 2º - Gabriel Casagrande, 171 3º - Ricardo Zonta, 168 4º - Thiago Camilo, 168 5º - Rubens Barrichello, 165 6º - Rafael Suzuki, 159 7º - Cesar Ramos, 153 8º - Felipe Baptista, 127 9º - Gianluca Petecof, 125 10º - Nelson Piquet Jr., 124 11º - Felipe Fraga, 122 12º - Matías Rossi, 121 13º - Guilherme Salas, 120 14º - Gaetano Di Mauro, 107 15º - Bruno Baptista, 105 16º - Lucas Foresti, 102 17º - Ricardo Maurício, 99 18º - Felipe Massa, 94 19º - Allam Khodair, 94 20º - Julio Campos, 79 21º - Átila Abreu, 78 22º - Dudu Barrichello, 78 23º - Marcos Gomes 77 24º - Cacá Bueno, 75 25º - Denis Navarro, 73 26º - Sergio Jimenez, 50 27º - Enzo Elias, 39 28º - Lucas Kohl, 37 29º - Rodrigo Baptista, 20 30º - Tony Kanaan, 17 31º - Arthur Leist, 9 32º - Rafael Martins, 4 33º - Antônio Junqueira, 4 34º - Raphael Teixeira, 4 35º - Diego Nunes, 2




Comments


bottom of page