top of page
Buscar

Rafael Suzuki classificado para a disputa do título da Stock Car 2023

Com o resultado do fim de semana, o piloto do carro #8 da Pole Motorsport está em 5º no campeonato e chega à final com chances matemáticas, além de uma briga próxima pelo top-3



Primeiro objetivo cumprido. É com esse sentimento que Rafael Suzuki completou a 11ª e penúltima etapa da Stock Car, realizada no último domingo, em Cascavel. O piloto do carro #8 conseguiu extrair o máximo de uma rodada cheia de desafios, completou as corridas em 7º e 13º e somou pontos suficientes para subir ao top-5 do campeonato e se posicionar entre os postulantes diretos ao título. A grande final da Stock Car acontece no dia 17 de dezembro, em Interlagos.

A pista do oeste paranaense recebeu a categoria pela segunda vez no ano - em junho, Suzuki já havia conquistado um pódio em Cascavel. Dessa vez, a chuva deu as caras e trouxe ainda mais emoção à ‘semifinal’ da temporada. Após dois treinos com pista seca, uma forte chuva marcou a classificação. Com condições diferentes de pista entre os grupos, Rafael passou ao Q2 em 14º. Depois, marcou o 3º melhor tempo, e na disputa pela pole position, ficou em 4º, garantindo um lugar na segunda fila do grid de largada, entre 30 pilotos.

No domingo, o dia começou chuvoso, mas a pista começou a secar pouco antes das corridas. Com a largada em fila indiana, ele se manteve no pelotão da frente, mesmo tendo de lidar com problemas na direção hidráulica durante toda a prova, e garantiu mais 14 pontos com o 7º lugar. Na corrida 2, com a inversão dos dez primeiros, largou novamente em quarto. Com uma parada mais longa no pit-stop obrigatório, por conta do reabastecimento, ele voltou próximo ao top-10, e terminou em 13º. Alguns de seus adversários diretos tiveram uma jornada mais dura, com abandonos e menos pontos somados.

Com um total de 22 pontos na etapa, Suzuki avançou uma posição, chegando ao 5º lugar, e diminuindo a diferença para o líder, que agora é de 43 pontos, e apenas 10 pontos de distância para o top-3. Em Interlagos, são 56 pontos em jogo, e assim, o piloto segue animado para concretizar da melhor forma possível uma temporada de destaque, que já teve quatro pódios até agora.

O desafio final da Stock Car 2023 acontece em três semanas, em Interlagos, no dia 17/12.


Rafael Suzuki:

“Tivemos um domingo difícil, mas saímos muito felizes com o resultado. 22 pontos, e vamos chegar em Interlagos com chances de brigar pelo título, então a sensação é de objetivo cumprido. Principalmente, porque logo no começo da corrida 1, eu tive uma falha na direção hidráulica, então ele ficava muito pesado, leve, pesado, e isso tirava minha sensibilidade do carro, além de ter de fazer muito mais força - até achei que ficaria no meio do caminho. Mas o problema estabilizou e a gente conseguiu correr, e brigou de igual pra igual em alguns momentos. Somamos os pontos necessários, e agora vamos trabalhar, porque Interlagos está logo aí e vamos brigar por esse campeonato”.


Classificação após 11 de um total de 12 etapas, já com descartes:

1º - Gabriel Casagrande, 286 pontos 2º - Daniel Serra, 271 3º - Felipe Fraga, 253 4º - Thiago Camilo, 250 5º - Rafael Suzuki, 243 6º - Rubens Barrichello, 239 7º - Ricardo Zonta, 237 8º - Ricardo Maurício, 208 9º - Felipe Baptista, 208 10º - Guilherme Salas, 206 11º - Gianluca Petecof, 205 12º - Felipe Massa, 193 13º - Cesar Ramos, 191 14º - Nelson Piquet Jr., 178 15º - Matías Rossi, 168 16º - Julio Campos, 157 17º - Átila Abreu, 152 18º - Bruno Baptista, 152 19º - Lucas Foresti, 151 20º - Gaetano Di Mauro, 149 21º - Dudu Barrichello, 136 22º - Allam Khodair, 120 23º - Cacá Bueno, 117 24º - Denis Navarro, 96 25º - Marcos Gomes, 85 26º - Enzo Elias, 68 27º - Sergio Jimenez, 64 28º - Rodrigo Baptista, 62 29º - Lucas Kohl, 43 30º - Tony Kanaan, 29 31º - Felipe Lapenna, 10 32º - Arthur Leist, 9 33º - Rafael Martins, 6 34º - Antônio Junqueira, 4 35º - Raphael Teixeira, 4 36º - Diego Nunes, 2 37º - Santiago Urrutia, 0

ความคิดเห็น


bottom of page