logo_rafaelsuzuki_v10.png
  • Instagram
  • Facebook
  • YouTUBE
  • Twitter

© 2019 Rafael Suzuki - Loja Rafael Suzuki - Eversports Assessoria Esportiva e Comercio LTDA - CNPJ 15.546.170/0001-43 - São Paulo - Brasil

Buscar

Na Corrida do Milhão, Rafael Suzuki anda no top-5 e soma pontos em Goiânia


Piloto da equipe Hot Car largou em 15º e chegou a estar em 4º após o primeiro pit-stop, mas completou em 14º após imprevisto na troca de pneus. Dentro de duas semanas, a categoria chega a Campo Grande


Acidentes, ultrapassagens, dois pit stops obrigatórios, três intervenções do carro de segurança e 40 minutos de muita emoção marcaram neste domingo (dia 5) a Corrida do Milhão, sexta etapa da temporada 2018 da Stock Car, que teve um público de mais de 30 mil pessoas no Autódromo Ayrton Senna, em Goiânia (GO). Pela segunda vez, Rubens Barrichello faturou o prêmio milionário, com Max Wilson em 2º e o português Antônio Felix da Costa em 3º.


Rafael Suzuki também teve uma prova de destaque. Depois de passar ao Q2 na classificação, o piloto da equipe Hot Car largou bem da 15ª posição e foi avançando. Após o primeiro pit-stop, quando apenas reabasteceu, o dono do carro #8 voltou à pista na 4ª posição, e andou por boa parte da prova no top-5. Já na segunda parada nos boxes, quando fez a troca de pneus, foi prejudicado por um problema no pit, e completou a corrida em 14º.


“Foi uma prova de altos e baixos. Depois do primeiro pit stop, onde nós só abastecemos, conseguimos manter um bom ritmo e até brigar com quem já tinha trocado os pneus”, contou o piloto do Stock #8.


“No segundo pit stop, eu entrei nos boxes na primeira volta da janela em 4º, só que a porca da roda voou no pit stop e perdemos uns oito segundos, o que nos custou um 7º ou 8º lugar na prova”, lamentou Suzuki.


“A performance do carro foi boa. A estratégia, mesmo não encaixando perfeitamente, ia nos levar para o top-10, mas acontece. Ninguém erra querendo. Vamos treinar mais pit stop e melhorar para não perder posições nos boxes”, completou o piloto, que tem três top-10 e três top-15 na temporada. Com o resultado, Suzuki manteve o 17º lugar na classificação geral entre os 37 pilotos que já correram no ano.


Agora, a Stock Car engata uma sequência de etapas, e dentro de 15 dias realiza a sétima etapa do campeonato em Campo Grande (MS), entre 17 e 19 de agosto.


Resultado da Corrida do Milhão: 1. 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – 39 voltas em 41min24s444 2. 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – a 0s684 3. 444 Antonio Félix da Costa (Hero Motorsport II) – a 1s250 4. 88 Felipe Fraga (Cimed Chevrolet Racing) – a 4s791 5. 80 Marcos Gomes (Cimed Chevrolet Racing Team) – a 7s333 6. 10 Ricardo Zonta (Shell V-Power) – a 9s654 7. 18 Allam Khodair (Blau Motorsport) – a 10s703 8. 29 Daniel Serra (Eurofarma RC) – a 15s700 9. 9 Guga Lima (Vogel Motorsport) – 17s707 10. 3 Bia Figueiredo (Ipiranga Racing) – a 17s911 11. 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – a 17s71 12. 86 Agustín Canapino (Cimed Chevrolet Team) – a 18s321 13. 12 Lucas Foresti (Cimed Chevrolet Racing Team) – a 18s635 14. 8 Rafael Suzuki (Bardahl Hot Car) – a 19s279 15. 70 Diego Nunes (Full Time Bassani) – a 34s995 16. 117 Guilherme Salas (Bardahl Hot Car) – a 38s925 17. 555 Renato Baga (Bardahl Cifarma RZ) – a 42s133 18. 44 Bruno Baptista (Hero Motorsport) – a 42s169 19. 51 Átila Abreu (Shell V-Power) – a 1 volta 20. 5 Denis Navarro (Cavaleiro Sports) – a 8 voltas 21. 11 Lucas Di Grassi (Hero Motorsport) – a 9 voltas 22.19 Felipe Massa (Cimed Chevrolet Team) – a 9 voltas NÃO COMPLETARAM 23. 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) – a 18 voltas 24. 0 Cacá Bueno (Cimed Chevrolet Racing) – a 18 voltas 25. 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) – a 21 voltas 26. 90 Ricardo Maurício (Full Time Sports) – a 22 voltas 27. 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) – a 32 voltas 28. 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Contuflex) – a 34 voltas 29. 28 Galid Osman (Cavaleiro Sports) – a 37 voltas 30. 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) – a 39 voltas 31. 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) – excluído 32. 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) – desclassificado 33. 33 Nelson Piquet Jr. (Full Time Bassani) – desclassificado


Classificação do campeonato após seis etapas: 1. Daniel Serra – 163 pontos 2. Marcos Gomes – 130 3. Max Wilson – 120 4. Felipe Fraga – 117 5. Rubens Barrichello – 115 6. Julio Campos – 89 7. Cacá Bueno – 80 8. Ricardo Zonta – 71 9. Lucas di Grassi – 68 10. Átila Abreu – 65 11. Thiago Camilo – 53 12. Gabriel Casagrande – 50 13. Allam Khodair – 46 14. Cesar Ramos – 44 15. Lucas Foresti – 36 16. Ricardo Maurício – 33 17. Rafael Suzuki – 28 18. Vitor Genz – 22 19. Denis Navarro – 16 20. Felipe Lapenna – 15 21. Diego Nunes – 15 22. Antonio Pizzonia – 13 23. Guga Lima – 11 24. Sérgio Jimenez – 10 25. Bia Figueiredo - 9 26. Tuka Rocha – 7 27. Agustín Canapino - 5 28. Guilherme Salas – 4 29. Bruno Baptista – 4  30. Valdeno Brito – 3 31. Nelson Piquet Jr – 1 32. Galid Osman – 0 33. Renato Braga - 0 34. Felipe Massa - 0 35. Vitor Meira - 0 36. Nonô Figueiredo - 0 37. Tarso Marques - 0 38. Fabio Carbone - 0 39. Fernando Croce - 0

logo_rafaelsuzuki_v5.png